loading

Biografia

Oficialmente formada em Novembro de 2012, a dupla Chico Junior e Fabrício remetem-se a amizade e historias em comum desses dois amigos fraternos.
Em 1996, “Chiquinho e Bodão”, apelidos de infância, se conheceram no Instituto de Educação de Campinas Presidente Castello Branco, tradicional colégio público de Goiânia-GO. Portadores de tendências e gostos musicais em comum não demoraram muito pra se afinizarem, e, iniciarem suas respectivas “vias crúcis” artísticas.

Em 1997 influenciados por bandas como Legião Urbana, Engenheiros do Hawaii, Titãs e Nirvana formaram a “Banda Estação Central” que tocaram em vários eventos estudantis e casas noturnas da época.

Em 1999 com o fim da Banda, Ricardo (Chico Junior) e Valdijunior (Fabricio) ainda tentaram manter a parceria cantando rock acústico muito em voga naquele momento devido aos Acústicos da MTV.

Mas não teve jeito às raízes sertanejas falaram mais alto.

 

Caminhos Paralelos:

Valdijunior Pires Barbosa (Fabrício) – (10/02/78) foi o primeiro a se render ao estilo sertanejo.

Em 1999, utilizando o pseudônimo de Gustavo, formou a dupla Felipe e Gustavo, fazendo vários shows em comícios, chegando a tocar na festa de Barretos.

No final do ano 2000 inicia um novo trabalho ainda com o pseudônimo de Gustavo formando a dupla Hugo e Gustavo. Tocaram em vários bares e festas em Goiânia e Brasília alem de participar de vários festivais ficando sempre entre os primeiros colocados.

Em meados de 2002 recebe uma proposta para fazer parte de um projeto já em andamento, então ele muda o pseudônimo para Faleiro e passa a fazer parte da dupla Fausto e Faleiro, com quem gravou um Cd intitulado Ficar Com Você no Estúdio Fênix-SP. A dupla teve um notório destaque entre Goiás e Minas Gerais tendo suas músicas executadas nas principais rádios da região.

Cantando solo em 2005, recebeu uma proposta para formar dupla com Félix. Então, definitivamente, passa a usar o pseudônimo de Fabrício formando a dupla Félix e Fabrício que durou 5 anos e gravaram dois Cd’s. Félix é irmão de Bruno, da dupla Bruno e Marrone

O Primeiro Cd foi produzido por Bruno (Bruno e Marrone) e Felipe (Felipe e Falcão) e teve a participação de Bruno e Marrone na música Estou Arrependido, que dá título ao Cd.

O Segundo Cd foi produzido por Izel Bico e teve várias músicas de destaque, dentre elas: Perdido de Amor, Meiga Senhorita e Pra Te Provar Que Sou Fiel essa última que dá titulo ao Cd.

Em 2010, Fabrício se volta mais uma vez para a carreira solo e passa a se apresentar com o nome Fabrício Pires fazendo shows em diversas casas noturnas e em festas particulares de Goiânia e região.

 

Francisco Ricardo de Souza Junior (Chico Junior) – (06/12/80) que é filho de um renomado artista goiano, o cantor, compositor e escritor Marrequinho, ainda teve uma passagem pela MPB antes de migrar para o sertanejo.

Em 2000 foi convidado pelo cantor e compositor Carlos Brandão a tocar MPB no Bar Karuáh do Centro Cultural Martin Cererê em Goiânia-GO. Ali permaneceu por pouco mais de um ano tocando em todos os finais de semana utilizando o pseudônimo de Ricardo.

Depois dessa experiência na MPB ele viu que o seu negócio seria tocar sertanejo “devido à animação do público sertanejo mesmo frente ao artista desconhecido”.

Formou então a dupla Deyvid e Dennys em 2001 que se apresentou em diversos bares da capital goiana, além de shows no interior de Goiás.

Em 2005 mudaram o nome da dupla para João Rodrigo e Chico Jr quando participaram da gravação de um CD intitulado “MARREQUINHO. Uma Vida, Uma História”, que fora patrocinado pela AGEPEL em homenagem ao compositor Marrequinho e contou com a participação de grandes duplas do cenário sertanejo nacional como Chico Rey e Paraná, Di Paullo e Paulino, Zé Mulato e Cassiano, dentre outros. Esse CD fora lançado nacionalmente pela gravadora Atração de São Paulo.

Afastado por um tempo da música, Chico Jr reiniciou seus estudos e se formou em História pela UFG. O tema escolhido para a sua monografia (como não podia deixar de ser), foi uma ampla dissertação sobre a história da música sertaneja em Goiás.

Em 2006 formou a dupla Robson e Chico Jr com quem teve grande destaque no cenário da noite goiana, se apresentando nas principais casas da capital goiana além de shows diversos pelo país.

Em 2009 Robson e Chico Jr participaram do Cd “MARREQUINHO – 50 Anos de Música” promovido pela Secretária de Cultura de Goiânia em homenagem ao compositor Marrequinho que contou com a participação de vários artistas consagrados na música sertaneja como Di Paullo e Paulino, André e Andrade, Irmãs Freitas, dentre outros.

Em 2010 Robson e Chico Jr lançaram o Cd “Perfil Acústico”, com várias músicas inéditas e algumas regravações que fazem sucesso nos bares tendo destaque para as canções Alguém Tão Só, Arena Vazia e A Saudade É Um Prego.

 

A Formação:

Nesse meio tempo, a afinidade, a confiança e a amizade entre “Chico Junior e Fabricio” se reforçavam. Ao longo da carreira compuseram diversas músicas em parceria, e realizaram vários eventos juntos. Apuraram o dueto, desenvolveram a postura e se profissionalizaram como músicos da noite caminhando sem dificuldade através dos mais diversos estilos musicais que vai da música caipira ao rock.

Em Novembro de 2012, depois de muitos ziguezagues pelos caminhos da arte, o destino fez com que os dois amigos se reencontrassem de maneira muito natural e espontânea (cumprindo talvez uma predestinação) e se unissem profissionalmente, em caráter oficial. Assim, surgiu a dupla: “CHICO JUNIOR & FABRÍCIO

Em Abril de 2013 lançaram suas primeiras canções na internet, “Perdendo Os Sentidos” e “Swing Louco”.

Em Abril de 2014 lançaram a versão “O Amor Que Se Perdeu” que teve a participação da dupla Di Paullo e Paulino e obtiveram ótima aceitação manifestada com entusiasmo pelo seu público (Que cresce a cada dia), formado por amigos, fãs e admiradores.

O ano de 2015 é marcado pela participação da dupla no Festival Novos Talentos da Música Sertaneja de Goiás promovido pela Tv Anhanguera (afiliada da Rede Globo) com a música Perdendo os Sentidos aonde a dupla alcançou o honroso 3º lugar com mais de 508 mil votos.

Neste ano a dupla também lança seu primeiro Cd independente no dia  08/08/15 em grande show realizado na Carlota Live Music obtendo recorde de público da casa no ano.

O Cd produzido por Elvis Tcherr, Franco Tcherr, Chico Junior e Fabricio Pires intitulado por Chico Junior e Fabricio contém 16 faixas das quais já se destacam as três primeiras A Culpa É Sua, Perdendo Os Sentidos, que os deram o 3º lugar no Festival Novos Talentos da Música Sertaneja da Tv Anhanguera e O Amor que Se Perdeu com a participação dos Cowboys da Viola Di Paullo e Paulino. O Cd conta também com a participação especial do Violeiro do Brasil Almir Pessoa na canção A Tampa Da Panela e com regravações das clássicas Senhorita sucesso de Zé Geraldo e da Moda de Viola Samambaia gravada originalmente por André e Andrade.

A marca da dupla nesse Cd e em seus shows é a diversidade pois conta com um repertório que vai do Sertanejo Raiz ao Rock’n Roll.

Além de bares e boates em Goiânia, a dupla já se apresentou em diversas festas particulares, aniversários, confraternização de empresas, shows e eventos diversos. Bem como em shows em outras cidades do interior de Goiás contagiando o público com simpatia e originalidade em suas apresentações.

Chico Junior e Fabricio.
62-84585052 / 82512354 / 99390668 / 92560471
chicojuniorefabricio@gmail.com
https://www.facebook.com/ChicoJunioreFabricio

Vídeos

A culpa é sua

Perdendo os sentidos

Contato

shows

Nome

Mensagem

Sua mensagem foi enviando! Obrigado.
Oops,um erro occoreu!.